História de São Tomé



Dia 03 de julho é a data cristã que homenageia um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, consagrado pela Igreja Católica como padroeiro dos pedreiros, dos arquitetos e dos cegos: São Tomé. Também conhecido por Tomás, Tomé era um simples pescador quando Cristo o chamou para ser seu discípulo.



Tomé foi um dos doze Apóstolos escolhidos por Jesus (Marcos 3, 18; Mateus 10, 3) Era judeu, da Galiléia e provavelmente pescador. Seu nome aparece onze vezes no Novo Testamento. Tomé ou Tomás, significa “gêmeo”. No grego, a palavra equivalente é Didymus. Isto nos faz supor que ele tinha um irmão gêmeo. Ele acompanhou Jesus como discípulo durante os três anos de vida pública do Mestre.


Pertenceu ao grupo dos doze apóstolos. O Senhor o chamou dentro de sua realidade, com suas fraquezas e até com suas crises de fé.


Nosso Senhor Jesus revelou a nós coisas maravilhosas através de São Tomé:

“Tomé lhe disse: ‘Senhor, nós nem sabemos para onde vais, como poderíamos saber o caminho?’ Jesus lhe disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai a não ser por mim” (Jo 14,6).


Tomé nunca teve medo de expor a realidade de sua fé e de sua razão, que queria saber cada vez mais e melhor. Quando Jesus apareceu aos apóstolos ao ressuscitar, Tomé não estava ali, e aí encontramos seu testemunho: “Oito dias depois, os discípulos encontravam-se reunidos na casa, e Tomé estava com eles. Estando as portas fechadas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado e não sejas incrédulo, mas crê!” Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” (Jo 20,26-28).


O Papa São Gregório Magno meditando essa realidade de São Tomé diz: “A incredulidade de Tomé não foi um acaso, mas prevista nos planos de Deus. O discípulo, que, duvidando da Ressurreição do Mestre, pôs as mãos nas chagas do mesmo, curou com isso a ferida da nossa incredulidade”.


Segundo a Tradição, Tomé teria ido, depois de Pentecostes, evangelizar pelo Oriente e Índia onde morreu martirizado, ou seja, morreu por amor, testemunhando a sua fé.



Oremos ao Santo !!!


Ó Apóstolo São Tomé, experimentaste o desejo de querer morrer com Jesus,

sentiste a dificuldade de não conhecer o Caminho, e viveste na incerteza e na

obscuridade da dúvida, no dia de Páscoa. Na alegria do encontro com Jesus Ressuscitado,

na comoção da fé reencontrada, num ímpeto de terno amor, exclamaste:

"Meu Senhor e meu Deus!"O Espírito Santo, no dia de Pentecostes,

transformou-te num corajoso missionário de Cristo, incansável peregrino do mundo,

até aos extremos confins da terra.Protege a tua Igreja, a mim e à minha família e faz com que todos encontrem o Caminho, a Paz e a Alegria para anunciar, com paixão e abertamente, que Cristo é o único Salvador do Mundo, ontem, hoje e sempre.

Amém.”




Venha conferir nossas opções de artigos personalizados !!!

https://www.casadorosario.com.br/






Fonte: https://santo.cancaonova.com/santo/sao-tome-pertenceu-ao-grupo-dos-doze-apostolos/


Siga-nos nas redes sociais:

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Contato

(11) 2693-1392

(11) 2692-7984

(11) 2694-4021

whatsapp: (11) 9-8943-7251
Segunda a sexta: 09:30h às 17:30h

pgatendimento@gmail.com

Site criado por FRP em 2015.